Doença Renais

Doença Renais

A Nutrição tem papel fundamental no tratamento e prevenção de todas as doenças renais (litíase renal, tratamento conservador, diálise e transplante).
Para litíase renal a nutrição trabalha no controle alimentar afim de evitar a formação de novos cálculos renais.
O controle alimentar varia de acordo com o tipo de cálculo renal, sendo necessário uma alimentação Individualizada para cada caso.
Para o tratamento conservador a nutrição atua de forma a controlar a alimentação afim de não causar nenhum tipo de sobrecarga renal.
Realizamos adequação do consumo de sódio, fósforo, potássio, proteínas etc.
Para a diálise a nutrição trabalha afim de controlar o estado nutricional, evitando perda de massa magra.
Além de auxiliar no controle de fósforo, potássio, sódio e do ganho de peso interdialitio.
Para o transplante a nutrição atua, principalmente na qualidade alimentar e controle/manutenção do peso corporal.
Após o transplante renal é muito comum um aumento de apetite.
Isto ocorre não só devido aos efeitos das medicações imunossupressoras.
Como devido a uma nova sensação de liberdade e bem-estar.
É, deste modo, indispensável controlar esse apetite desde o principio.
Uma vez que os excessos alimentares após o transplante renal contribuem para o aumento de peso.