Psicologia do comportamento alimentar

Psicologia do comportamento alimentar

Com o avanço da tecnologia e do acesso a informação, um dos maiores impactos gerados no nosso estilo de vida foi sobre como o indivíduo se relaciona com a comida.
Com isso, comer virou um tabu a ser desmistificado e a necessidade de falar sobre a alimentação.
E buscar novas formas de lidar com a comida e com o nosso corpo se tornaram urgentes.
A pressão estética provocada por padrões sociais e a mídia, o marketing da indústria alimentícia, o terrorismo nutricional e a busca individual pela perfeição formam um combo que juntos fazem emergir um dos maiores problemas da vida contemporânea.
Nunca se falou tanto em dieta, nunca tivemos tanta informação como hoje.
Ao mesmo tempo que o índice de transtornos alimentares e obesidade só aumentam.

Saiba sobre a psicologia do comportamento alimentar:

Vários estudos científicos já demonstraram que a crença de que “apenas fechar a boca” e praticar exercícios não é suficiente para responder todas as dificuldades enfrentadas no emagrecimento e reeducação alimentar me prol de melhorias na saúde.
Assim surge uma nova abordagem da nutrição, que junto a Psicologia.
Visa tratar questões alimentares focando os aspectos comportamentais e suas implicações na alimentação.
A Psicologia do comportamento alimentar é uma área de conhecimento que une duas grandes ciências da saúde, Psicologia e a Nutrição, e conhecimentos da neurociência.
Visando trabalhar de forma humanizada e integrativa a maneira como o indivíduo se relaciona com a comida e com o seu corpo.
Essa visão vai na contramão de dietas super restritivas, buscando promover mudanças nos hábitos alimentares de forma sustentável e permanente.
Com foco no comportamento, o novo olhar para a forma como nos alimentos considera a complexidade do ser humano.
Abrangendo no tratamento os aspectos emocionais, cognitivos, biológicos e sociais envolvidos na alimentação do indivíduo.
A Psicóloga da Equipe CliNutri atua na área de comportamento alimentar e transtornos alimentares.
Capacitada pelo Método Sophie e através da sua linha de terapia, a TCC.